EXTRA ECCLESIAM NULLA SALUS

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Litania Humilitatis

Aqui está minha tradução para o latim da bela Ladainha da Humildade (Litany of Humility) do cardeal Merry del Val


Litania Humilitatis

Iesu, mitis et humilis corde, exaudi me

A cupiditate, ut amer, libera me Domine
A cupiditate, ut exalter, libera me Domine
A cupiditate, ut honorer, libera me Domine
A cupiditate, ut lauder, libera me Domine
A cupiditate, ut aliis praeferar, libera me Domine
A cupiditate, ut consular, libera me Domine
A cupiditate, ut approber, libera me Domine

A timore, ne humilier, libera me Domine
A timore, ne spernar, libera me Domine
A timore,  ne contemnar, libera me Domine
A timore, ne calumniam feram, libera me Domine
A timore, ne oblivioni tradar, libera me Domine
A timore, ne irridear, libera me Domine
A timore, ne iniuriam accipiam, libera me Domine
A timore, ne suspiciar, libera me Domine

Ut magis alii amentur quam ego, Iesu, da mihi gratiam desiderandi
Ut pluris alii aestimentur quam ego, Iesu, da mihi gratiam desiderandi
Ut alii extollantur in mundi existimatione, ego autem minuar, Iesu, da mihi gratiam desiderandi
Ut alii eligantur, ego autem praeterear, Iesu, da mihi gratiam desiderandi
Ut alii mihi in omnibus rebus praeferantur, Iesu, da mihi gratiam desiderandi
Ut alii me, quoad sanctus fieri possim, sanctiores sint , Iesu, da mihi gratiam desiderandi





Tradução para o latim feita por William Bottazzini

3 comentários:

  1. Amigo, parabens pelo blog e por sua historia. Seu artigo sobre imagens é otimo, sou catolico e me senti acolhido pelo texto. Sabe me dizer pq fazer o sinal da cruz com a mao esquerda é "errado"? Digo, mt se fala sobre o lado direito na biblila, mas é "errado" com a mao esquerda apenas por costume?

    ResponderExcluir
  2. Prezadíssimo Soares,

    Salve Maria!

    Muito grato pelas suas bondosas palavras. Reze por nós.

    O lado direito possui um simbolismo muito profundo desde os tempos da Antiga Aliança com os judeus. Os principais colaboradores dos reis sempre se assentavam a sua direita. Também Jesus, usando dessa tradição, disse que estaria à direita de Deus e, no juízo final, dirá aos da direita "ide benditos". Conforme explica Santo Agostinho, entre os antigos "direita" é sinônimo de felicidade.

    Os antigos romanos, durante as batalhas, seguravam obrigatoriamente a espada (gladius) na mão direita e o escudo, na esquerda. O sinal da cruz é nossa espada para vencer as forças das trevas. Da cruz foge o diabo, como diz o ditado.

    Devido a esses fatos, os cristãos sempre adotaram o lado direito do corpo nas coisas que se referem à expressão de sua fé. Assim, fazemos o sinal da cruz com a mão direita e, ao entrarmos em uma igreja, colocamos o joelho direito no chão. Também quando nos é anunciado o Evangelho duranta a Missa, nós nos persignamos com o polegar direito.

    É, pois, uma tradição com um profundo significado simbólico.

    In corde Iesu, semper

    William

    ResponderExcluir
  3. Salve, amice!

    Licetne mihi ponere textum Litaniae in diario interretiali meo? Profecto nomen tuum memorabor necnon ligamen ad situm tuum ponam. Gratias ago tibi!

    Vale quam optime!

    ResponderExcluir